Página principal

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Bem-vindos à Desciclopédia

A enciclopédia livre de conteúdo que qualquer um pode editar.

52 157 artigos · 177 565 imagens

Ajuda

Embaixada

Perguntas

Políticas

Mídia

Contribuir

Artigo em destaque
Recomenda-se usar óculos embaixo da água.

Tendo em vista sua importância vital para todos os seres-vivos, sabe-se por hora que a água é fonte de vida e sem vida não há água e tampouco vida, tanto mais, água.

A água foi descoberta em 1897 por um holandês chamado Wonchurrets, antes disso os seres vivos sobreviviam de um fluido proveniente do céu. Wonchurrets ao descobrir tal elemento não sabia sua finalidade e até que a descobrisse a utilizou para atrair raios. Certo dia o holandês estava caminhando pelo deserto quando tropeçou em um cacto, engolindo-o acidentalmente. A primeira coisa que teve em mente foi colocar tal líquido na boca. Desde então a água tem sido responsável pela nossa sobrevivência além de preencher magníficos pesos-de-papel natalinos.

Em 1914 a água teve sua emancipação ao ser utilizada como objeto tático na Primeira Guerra Mundial. Os Aliados jogavam água através de mangueiras nas trincheiras inimigas, os soldados por sua vez ficavam encharcados tendo a impressão de que teriam urinado em seus uniformes, envergonhados, davam um tiro na própria cabeça. A estratégia foi tão eficaz que chegou a ser usada novamente na Segunda Guerra Mundial em oposição às tropas nazistas.

O grande truque era feito praticamente da mesma forma mas com diferente intuito: as tropas inimigas jogavam água no comando nazista com a finalidade de molhar seus cabelos, um general da Gestapo sobrevivente diz lembrar de ter ouvido os gritos alemães: "Oh! Meus lindos cabelos louros! Minha pele macia enrugada! O que o Führer vai pensar!?". A raça ariana não aguentando tal rebaixamento cometia suicídio.


Eventos recentes


Neste dia...


Sabia que...


Imagem do dia
 
Apresentação
Batata desciclo sem texto.gif
Bem-vindo(a) à Desciclopédia, uma (des)enciclopédia escrita com a colaboração de seus leitores. A Desciclopédia é um site de humor debochado e seu conteúdo não deve ser levado a sério. Todas as nossas regras e políticas convergem para um só princípio: ser engraçado e não apenas idiota. É um princípio amoral, mas que implica numa ética subjacente. Significa que, no âmbito da Desciclopédia, só podem ter procedência as críticas que se refiram à qualidade divertida de um artigo. Não tem, portanto, nenhum sentido tentar defender os méritos morais ou artísticos de algo que você gosta (banda, filme, personalidade, programa, game, etc.) e que tenha sido sacaneado num artigo da Desciclopédia. Essas coisas não interessam nem um honorável pouquinho aqui.


Participação

Todos podem publicar conteúdo on-line desde que não sejam vândalos ou desrespeitem as regras.

Dentre as diversas páginas de ajuda à sua disposição, estão as que explicam como criar um artigo, editar um artigo ou inserir uma imagem. Em caso de dúvidas, não hesite em perguntar e dar sua apnião.


Comunidade
A comunidade vem crescendo dia após dia. Porém precisamos de mais colaboradores para podermos ampliar o número de artigos em língua portuguesa e expandir, melhorar e consolidar os que já existem.


Projetos irmãos

A Desciclopédia existe graças à entidade sem fins lucrativos Fundação Desciclomídia. A Desciclomídia opera vários projetos em diversas línguas, sempre com conteúdo livre: