Página principal

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Bem-vindos à Desciclopédia

A enciclopédia livre de conteúdo que qualquer um pode editar.

53 359 artigos · 181 541 imagens

Ajuda

Embaixada

Perguntas

Políticas

Mídia

Contribuir

Artigo em destaque
Quando Barney invadiu Tóquio, Ultraman causou grande devastação nos edifícios em volta.

Tóquio (ja:魔物都) é a capital e um dos maiores focos de monstros do Japão.

Tóquio possui a maior população humana e monstruosa dentre todas as cidades do mundo. São 10 milhões de pessoas e mais um monte de criaturas como Godzilla, Gyodai, Majin Boo, Gamera e outros. Felizmente, também é grande a população de heróis que combatem esses monstros, como National Kid, Power Rangers, Jaspion, Ultraman e personagens de animes de porrada.

Durante o dia, a população de Tóquio aumenta em mais 2 milhões de almas, provavelmente pessoas que estudam e trabalham lá porque as cidades vizinhas são grandes roças sem nem igreja no centro. Também há os otakus em tempo integral, que passam o dia na metrópole freqüentando eventos de anime e comprando hentai mangás nas livrarias, que fazem os antros otakus do Bairro da Liberdade parecerem um convento de freiras.

Tóquio se localiza na ilha de Honshu, região de Kanto. É nessa região que vivem os pokémons, alguns deles de grandes proporções, como Tyranitar, Charizard e outros. Alguns deles também já aproveitaram para fazer sua invasão a Tóquio.

Tóquio é o maior centro industrial e econômico do país e um dos maiores do globo. Parte das principais corporações mundiais estão sediadas em Tóquio, fabricando muambas de todo gênero, graças à moderna tecnologia nipônica. É de lá que vem aquela televisão que você tem em casa e quebra a cada dois meses, afinal os japas podem comprar uma TV por mês com o salário, mas você não, e esse é o problema.


Eventos recentes


Neste dia...


Sabia que...


Imagem do dia
 
Apresentação
Batata desciclo sem texto.gif
Bem-vindo(a) à Desciclopédia, uma (des)enciclopédia escrita com a colaboração de seus leitores. A Desciclopédia é um site de humor debochado e seu conteúdo não deve ser levado a sério. Todas as nossas regras e políticas convergem para um só princípio: ser engraçado e não apenas idiota. É um princípio amoral, mas que implica numa ética subjacente. Significa que, no âmbito da Desciclopédia, só podem ter procedência as críticas que se refiram à qualidade divertida de um artigo. Não tem, portanto, nenhum sentido tentar defender os méritos morais ou artísticos de algo que você gosta (banda, filme, personalidade, programa, game, etc.) e que tenha sido sacaneado num artigo da Desciclopédia. Essas coisas não interessam nem um honorável pouquinho aqui.


Participação

Todos podem publicar conteúdo on-line desde que não sejam vândalos ou desrespeitem as regras.

Dentre as diversas páginas de ajuda à sua disposição, estão as que explicam como criar um artigo, editar um artigo ou inserir uma imagem. Em caso de dúvidas, não hesite em perguntar e dar sua apnião.


Comunidade
A comunidade vem crescendo dia após dia. Porém precisamos de mais colaboradores para podermos ampliar o número de artigos em língua portuguesa e expandir, melhorar e consolidar os que já existem.


Projetos irmãos

A Desciclopédia existe graças à entidade sem fins lucrativos Fundação Desciclomídia. A Desciclomídia opera vários projetos em diversas línguas, sempre com conteúdo livre: